Entre a vida e a morte

Travessias conjuntas de doentes, familiares e profissionais de cuidados paliativos

  • David Monteiro
  • Oriana Rainho Brás
Palavras-chave: Cuidados paliativos, Família, Profissionais de saúde

Resumo

Os cuidados paliativos centram-se na descoberta e realização da melhor forma possível de um(a) doente viver (n)a iminência da morte, o que inclui a sua família simultaneamente como beneficiária de cuidados e cointerventora, dada a proximidade daquela com o doente e o seu papel fundamental na prestação de cuidados. Dessa forma, os cuidados paliativos trabalham no sentido de uma travessia conjunta do final de vida da qual participam doente, família e os próprios profissionais de saúde, que, não obstante os seus benefícios, apresenta desafios importantes. Com base no trabalho etnográfico (incluindo registos em áudio) realizado junto de uma equipe intra-hospitalar de suporte em cuidados paliativos de um hospital público de Lisboa, o presente estudo procura examinar situações nas quais doentes, familiares e profissionais de saúde “atravessam” as expectativas — tácitas e/ou explícitas — quanto ao seu envolvimento, assim como as fronteiras entre as esferas médica e social, ou entre as esferas íntima e pública, originando tensões e problemas práticos que complexificam a gestão desse processo delicado.

Publicado
2021-01-27
Seção
Artigos