O desafio da diversificação econômica e o papel do Fundecam- Fundo de Desenvolvimento de Campos dos Goytacazes/RJ

  • José Alves de Azevedo Neto
  • Lia Hasenclever
  • José Luis Vianna da Cruz
Palavras-chave: Fundo de Desenvolvimento de Campos dos Goytacazes (Fundecam); Diversificação Econômica; Indústria Extrativa do Petróleo; Campos dos Goytacazes/RJ

Resumo

Este artigo1 tem como finalidade analisar a experiência do Fundo de Desenvolvimento de Campos-Fundecam, criado com o objetivo de diversificar a economia campista, dotado de recursos oriundos das rendas petrolíferas, que se elevaram significativamente a partir de 1999, em decorrência da Lei n° 9.478/97, também conhecida como Lei do Petróleo. Os procedimentos metodológicos adotados na pesquisa foram: a) a utilização da produção bibliográfica de autores especializados na literatura de desenvolvimento regional do Norte e do Noroeste fluminense e do Estado do Rio de Janeiro (ERJ), bem como informações sobre a questão teórica que envolve a problemática do desenvolvimento socioeconômico; b) a coleta de dados de fontes secundárias, como os do Fundecam, de 2002 a 2013, bem como os dos jornais que circulam em Campos dos Goytacazes. Após 12 anos de existência, sem a elaboração de uma política industrial municipal ou de um planejamento estratégico, constatou-se a ocorrência de expressivo desperdício de dinheiro público em projetos econômicos sem nenhum comprometimento com o município, ligados ou não à cadeia de valor do petróleo. Assim, perde-se mais uma chance de diversificar economicamente o município, como ocorreu nos tempos de apogeu da economia regional sucroalcooleira, deixando o município mais uma vez atrelado à dependência de uma atividade industrial extrativista altamente vulnerável às oscilações do mercado mundial.

Publicado
2016-11-16