O Centro Memória UENF – CEM/UENF

uma trajetória histórico-social e o diálogo com o Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política - PPGSP

  • Heloiza Manhães Alves Doutora em Sociologia Política pelo PPGSP/CCH/UENF, coordenadora Técnica do CEM/UENF/LESCE/CCH/UENF
  • Lana Lage da Gama Lima Doutora em História Social, professora titular aposentada de História Social da Uenf, pesquisadora associada do Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos - INCT-InEAC, com sede na UFF, coordenadora do PPGSP/UENF no período 2009-2011.
Palavras-chave: UENF; Campos dos Goytacazes; Memória.

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir criticamente a iniciativa de criação do Centro Memória UENF – CEM/UENF e sua contribuição para a trajetória do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política da UENF em seus primeiros dez anos. Para tanto, revisitaremos as especificidades que marcaram a instalação da universidade em Campos dos Goytacazes (RJ), em 1993, e seus antecedentes. Um aspecto fundamental desse processo é asingularidade da própria história do município, marcada pela atuação de uma elite que, já no século XIX, moldou o espaço urbano segundo a imagem de uma cidade rica, suntuosa e adequada ao modelo de civilização europeia. Enfim, já nessa época, a cidade reunia condições para sediar uma universidade pública centrada na ciência e nas novas tecnologias, como foi a proposta original da UENF, segundo o projeto desenhado posteriormente por Darcy Ribeiro (1993). Tal projeto, porém, não seria implantado sem um processo de acordos, conflitos e lutas envolvendo o poder público municipal, órgãos da imprensa, instituições de educação e serviços com o apoio da população na busca de caminhos para a
retomada do desenvolvimento da região, abalado pela crise do setor açucareiro. Buscaremos, neste artigo, demonstrar o papel do CEM/UENF na guarda das diretrizes originais da concepção da universidade para que esta possa crescer e se transformar, sem perder a memória e a consciência da missão que lhe foi atribuída. Mais especificamente, procuraremos demonstrar como o CEM/UENF, por meio de seu Centro Documental, vem mantendo um diálogo permanente com o PPGSP/UENF, incluindo o recolhimento e cuidados com a documentação produzida pela coordenação do programa com o objetivo de preservá-la e, assim, contribuir para a construção de sua memória histórica e sociológica.

Publicado
2019-06-12