Organização religiosa moderna

sobrevivência e competição em uma sociedade secularizada

  • João Ricardo Boechat Sales
Palavras-chave: Organização Religiosa, Modernidade, Pentecostalismo

Resumo

Ante as intensas mudanças do campo religioso brasileiro, este trabalho objetiva discutir o significado e função das organizações religiosas, a partir da teoria da secularização de Charles Taylor e da teoria da diferenciação funcional de Niklas Luhmann, destacando os seguintes aspectos: 1) a sobrevivência econômica da organização, 2) estruturação das carreiras oferecidas pela organização e 3) a competição externa com outras organizações. Além da discussão teórica, analisam-se três organizações religiosas que representam diferentes formas pelas quais o pentecostalismo influencia a religião cristã. Desta forma, a discussão teórica e a análise organizacional objetivam colaborar para a discussão da religião na sociedade moderna.

Publicado
2017-12-18