Análise do arranjo institucional e discursivo dos movimentos RenovaBR e MBL

reflexos no período eleitoral de 2018

  • Isabela Bichara de Souza Neves
Palavras-chave: Movimentos políticos, Disputa eleitoral, Representatividade política

Resumo

O presente trabalho busca compreender o funcionamento dos novos movimentos políticos, focalizando em especial o RenovaBR e o Movimento Brasil Livre (MBL). Os movimentos em análise trazem como escopo principal a discussão sobre a renovação dos líderes políticos dentro da seara pública e a possibilidade de gerar mudanças dentro do Estado. Os dois movimentos exortam a possibilidade de modificações de todo o aparato legislativo e põem em contradição a rotulação entre a velha e nova política brasileira, trazendo questionamentos sobre a representatividade política através da dinâmica partidária e sua efetividade democrática. Ambos os movimentos políticos surgiram num cenário de instabilidade política e de grande mobilização social em reivindicações em prol de mudanças políticas por diferentes camadas da sociedade brasileira. A análise dos objetivos, estratégias e formas de atuação desses movimentos no período eleitoral de 2018, bem como do desempenho na disputa por acesso ao campo político, é primordial para entender a relevância desses movimentos na disputa eleitoral e como eles se relacionam com as agremiações partidárias.

Publicado
2020-12-30